segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Mulher da Babilônia











Estrela das mil e uma noites

Glorifica o deserto de minha alma

Regozija-me sua plenitude de amor

Estendendo-me o véu do seu coração


Deusa de paraíso babilônico

Deixe exalar sândalos de seu olhar

Penetrando em meu espírito aberto

Os mais sublimes júbilos e cânticos de louvor


Mulher de olhos amendoados

Dulcifica o âmago do meu ser

Traz a força das águas do Nilo

A abundância em meu espírito


Menina de Allah que tanto mimo

Perfuma-me de almíscares e jasmins

Seja como a Flor de Lótus no deserto

Que sobrevivem as tempestades sílicas da vida


Faça de sua vida uma eterna melodia de amor

Que a trilha sonora de uma noite

Percorra os caminhos áridos da vida

Apagando os rastros maledicentes do passado


Lágrimas sinceras de dor

Que despencam Muluya abaixo

Sublimam com meu beijo de amor

Na esperança de uma nova era


Estrela das mil e uma noites...


André L. Salgado

Autor


Nenhum comentário:

Blogger news

About

Loading...

Blogroll

Pesquisar este blog

Blogger templates